Shaucam é limpeza em dois sentidos: bahya, limpeza externa e antara, limpeza interna.

Bahya shaucam, limpeza externa, é um valor universal bem compreendido, É fácil apreciar o benefício que eu e os outros recebemos com limpeza externa. Corpo limpo, roupas limpas e casas limpas fazem a vida mais agradável. Além disso, a disciplina diária de manter a limpeza produz uma certa atenção e vivacidade da mente.

Antara shaucam limpeza interna não é tão bem reconhecida. Significa limpeza da mente. […] Assim como, todos os dias, envolvido em minhas actividades, pequenas partículas de poeira assentam na minha pela, alguma sujeira mancha minhas roupas, minha mesa torna-se desarrumada, da mesma forma, nas minhas transacções com pessoas e circunstâncias, minha mente adquire impurezas dia a dia. Manchas de inveja e exasperação aparecem, traços de possessividade se instalam, uma poeira fina de autocrítica misturada a culpa e autocondenação espalha-se, associados aos meus gostos e aversões que produzem desejos e repulsas.

Diariamente lavo o meu corpo, minhas roupas e arrumo minha mesa. É um trabalho diário até à morte. O mesmo ocorre com a minha mente todos os dias até estabelecer-se o autoconhecimento. Quando isso acontece a minha falsa identidade com a mente se vai. Quando a limpeza diária, externa ou interna, não é feita, o acúmulo torna a tarefa muito mais difícil.

Swami Dayananda Saraswati

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *